A faculdade

Hoje eu estava relembrando meu passado, fui ler algumas postagens que fiz anteriormente em outros blogs(que não sobreviveram), aqui no LDD e vi como passou, hoje vou repostar aqui uma parte do texto que eu escrevi no Desventuras Ironicas que ainda esta ativo pra quem quiser ver outras postagens (comentem aqui no LDD se gostarem do que virem), me lembro como fiquei empolgada quando cheguei em 10 seguidores no blog, era realmente uma coisa que eu nunca tinha imaginado, hoje com 136 no LDD, nunca havia imaginado na minha vida que poderia e quero mais.. espero que vocês gostem desse texto que foi a descrição de como me senti no primeiro dia de Faculdade e o que fiz, depois farei um texto sobre o que sinto hoje, comentem.
Acordar 6 da manhã, com a vontade enorme de voltar a dormir e saber que você vai pra faculdade, palavra forte diga-se de passagem, não é nada legal. A cada hora que passa, pode acreditar, senti o peso nas minhas costas da vida começando, deixei antes de ir pra minha encrenca minha irmã na minha antiga escola quase tirei o cinto para descer junto a ela e ir esperar o portão se abrir novamente como antes, mas não é mais assim. Me vi pendurada na porta agarrada e gritando "eu quero voltar" e um estilo como num flash back em que você lembra e parece que é naquela hora só que num dejavu style vendo o futuro, foi assim que enxerguei aquela situação, estranho eu sei, porém só eu entendo, só pra observação eu não o fiz... por pouco. Deixei então aquela cena imaginaria e fui em direção a realidade, pesava, doía, eu sentia como se fosse palpável, mas o futuro não é. No caminho uma tortura, dizia meu pai que tinha planos futuros nos quais eu nem havia pensado, afinal minha preocupação estava no momento que se aproximava, quanto mais ele falava mais ficava apavorada, a tensão era enorme e eu preferia ficar calada. Fui focando no medo, no pavor, na pressão psicológica da vida na minha cara, deixando o peso cada vez maior em meus ombros, afinal o que estava eu ali fazendo no fim das contas? Esses planos todos agora? Já que eu não faço a miníma idéia do que farei amanhã. Eu cheguei la e sai tentando parecer o menos preocupada possível e o menos cansada também, fiquei esperando 2 horas(de verdade) para alguma reação e depois disso uma palestra de terror, mais pressão, mais exigências que a vida me fazia, eu já não sabia se escutava ou fazia uma lista de km. e mais km. naquele momento de tantas coisas que me eram ditas. Sai então desviei da prévia do trote que era pintar minha cara de tinta, ninguém me percebeu só um que me olhou fixamente nos olhos, eu recuei, abaixei a cabeça e sumi da frente da faculdade. Conheci durante a semana algumas pessoas que também presenciaram a história de horror dos professores, tanto quanto eu, eles ficaram assustados, fato... Enfim, segunda começa pra valer as coisas lá e agora que eu ja to aqui não tem como voltar.

Comentários no facebook:

3 comentários :

  1. Adorei seu texto e parabéns pelos seguidores, sucesso :D
    Beijos

    ascarus.com

    ResponderExcluir
  2. Gatxinha, tem uma TAG pra vc lá no meu blog!
    Passa lá > http://prasempreaomeulado.blogspot.com.br/2013/01/tag-11-coisas-sobre-mim.html

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu tive uma sensação totalmente diferente.
    Era aquela empolgação do primeiro dia de aula ... um certo nervosismo, mas não tanto pela responsabilidade maior que me esperava e sim pra conhecer um "novo mundo", uma nova realidade ...!
    Acabei desistindo do curso que escolhi ... e daqui uns dias inicio outro ... agora sim fui pega por um nervosismo de responsabilidade ... já estou com 20 anos, iniciando um novo curso ... e a vida vai passando ...
    mas fica a ansiedade para ver os novos colegas e sair logo das férias que estão durando muito para mim \o

    ;*


    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar

Seu comentário é importante para o blog, desejamos saber sua opinião sincera para que o blog possa crescer e agradar aos leitores de forma geral. Sua ajuda também é bem vinda na hora da divulgação.
Não aceitamos comentários com: palavrões, ofensas ou spam. Mensagens do tipo "seguindo, segue o meu blog e link do blog" ou "visita o meu blog" e afins também não serão aceitos, visitamos todos os blogs das pessoas que comentam e se acharmos o blog bom, visitaremos com frequência e pode até aparecer no recomendamos de toda Quarta-Feira. Obrigada pela atenção e agradecemos sua presença no blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...